DRAGÃO AMARELO

Videos
 

 

LIVROS E DOCUMENTOS

EVANGELHOS APÓCRIFOS

CODEX VI

A Oração de Ação de Graças
Traduzido por James Brashler, Peter A. Dirkse e Douglas M. Parrott


Esta é a oração que eles falaram:

"Nós damos graças a Você! Cada alma e coração é levantado até Você, nome imperturbável, honrado com o nome 'Deus' e louvado com o nome 'Pai', para que todos e tudo (vem) a bondade paterna e afeto e amor, e qualquer ensinamento que possa haver que seja doce e claro, dando-nos mente, discurso, (e) conhecimento: mente, para que possamos entendê-lo, discurso, para que possamos expô-lo, conhecimento, para que possamos conhecê-lo. Nós nos alegramos, tendo sido iluminados pelo Seu conhecimento. Nós nos alegramos porque você mesmo nos mostrou. Nós nos alegramos porque enquanto estávamos no (o) corpo, você nos fez divinos através do Seu conhecimento.

"A ação de graças do homem que te atinge é uma coisa: que conhecemos você. Nós conhecemos você, luz intelectual. Vida de vida, nós conhecemos você. Útero de cada criatura, nós conhecemos você. Ventando grávida da natureza do Pai, nós conhecemos você. Permanência eterna do Pai Que Gera, assim adoramos Sua bondade. Há uma petição que pedimos: seríamos preservados no conhecimento. E há uma proteção que desejamos: que não tropeçemos nesse tipo de vida."

Quando eles tinham dito essas coisas na oração, eles se abraçaram e foram comer sua comida sagrada, que não tem sangue nela.

Nota Scribal

Copiei esse discurso dele. Na verdade, muitos vieram até mim. Eu não copiei porque pensei que eles tinham vindo até você (pl.). Além disso, hesito em copiar isso para você porque, talvez eles (já) tenham vindo até você, e o assunto pode sobrecarregá-lo. Desde que os discursos daquele, que vieram até mim, são numerosos...

A tradução original deste texto foi elaborada por membros do
Projeto de Biblioteca Gnóstica Copta do Instituto de Antiguidade e Cristianismo, Claremont Graduate School.
O Projeto biblioteca gnóstica copta foi financiado pela UNESCO, pelo National Endowment for the Humanities e por outras instituições.
E. J. Brill afirmou direitos autorais sobre textos publicados pelo Projeto copta da Biblioteca Gnóstica.

A tradução aqui apresentada foi editada, modificada e formatada para uso na Biblioteca da Sociedade Gnóstica.
Para citação acadêmica, consulte as edições publicadas deste texto.