DRAGÃO AMARELO

 

TEXTO sobre CIÊNCIA

DRAGÃO AMARELO

 

Os Cinco Supremos e o Arcano CLXV



O mistério CLXV realmente nos traz infinitas possibilidades quando o observamos. Não à toa é explicado como o princípio e o fim de todas as coisas e o símbolo que representa a unidade, o nada e o todo da criação. Uma força ingente e penetrante em tudo que foi, é e será. Quem queira estudar mais sobre o símbolo, recomendamos o site www.CLXV.org.


O que hoje gostaríamos de tratar acerca deste mistério são os valores 16890, os quais estes 5 dígitos podemos ver a representação dos 5 supremos arcontes. São eles os quais a humanidade os denomina por: Zeus, Afrodite, Hermes, Ares e Kronos.


O numeral 1 representa Zeus. O Sol único e pai de todos os deuses. Condutor de suas águias vê as coisas de “cima”, pois é governador dos céus. O timoneiro no qual fala Pistis Sophia, já que o timoneiro que é o guia e o justo precisa analisar as circunstâncias do topo da montanha, para poder ver o todo, e abarcar a tudo. Também é necessário se ter esta visão do todo para que seja justo, pois Ele é bom e Justo.


O numeral 6 vemos a manifestação de Afrodite, este belo amor, representado pela força feminina, caracterizada pelo coração justo e belo, por isto Afrodite como deusa do amor e da beleza é descrita como um dos supremos arcontes. Assim temos o amor representado no coração da mulher. Este amor será complementado por seu polo inverso, que é o 9, no aspecto masculino, já que tudo é dual.


O numeral 8 representa Hermes, nos lembrando seu caduceu, o caduceu de Mercúrio, o bastão dos arautos, ou do próprio Arauto, já que Hermes é tido como mensageiro dos Deuses, e em especial de Zeus. Hermes representa o ponto de uma encruzilhada que os antigos o homenageavam, colocando pedras ou esculturas quando haviam caminhos que se cruzavam, como uma cruz, mostrando 4 caminhos. Em outras palavras, é um mediador, alguém ou algo que faz o intercâmbio das coisas, por isto é tido entre a humanidade, entre um de seus diversos epítetos, como Deus dos mercadores, pois ele é o que propicia o intercâmbio, a troca, por isto seu nome para os romanos é Mercúrio (Merx = intercâmbio, IO = Deus). Além disto vemos duas questões deste numeral 8, pois eles nos lembra um enlace e algo eterno e permanente, e ao mesmo tempo impermanente pela sua mobilidade. Sendo assim, compreendemos porque Hermes é descrito como psicopompo ou condutor das almas ao Inferno (0), bem como aos Céus (1), pois ele leva as almas à estas regiões, como condutor de almas. Igualmente vemos o outro aspecto de seu mistério, quando interliga o aspecto feminino (6) ao aspecto masculino (9), ou seja, que é necessário para a realização do Grande Arcano, o intercâmbio ou troca de mercúrios, do mercúrio masculino (9) e do mercúrio feminino (6), dentro de cada indivíduo, para que se saia do estado de consciência que estamos (0), para um estado mais elevado (1). Não é por acaso que na imagem tão conhecida de Tiphon Baphomet vemos em seus órgãos sexuais a imagem do caduceu de mercúrio, porque ele mesmo é também Mercúrio, a substância universal.


O numeral 9 representa Ares, o deus da guerra, da força. Também representa o amor manifestado no sexo masculino, em seus órgãos sexuais. Por justa razão vemos o amor se manifestando nestas duas formas, a força masculina sendo impulsionada pelo sexo, e no aspecto feminino sendo impulsionado pelo coração. Vemos que o 9 é o 6 invertido, nos demonstrando esta dualidade ou par de opostos, porém que se complementam.


O numeral zero (0) representa Kronos. Senhor do tempo, e também pode ser entendido como o próprio Ego, e igualmente os mundos infernos ou parte inferior. Não à toa é representado como o devorador, pois o Ego nos devora, devora nossa consciência e tudo aquilo que verdadeiramente somos, igualmente o tempo nos devora. Com justa razão alguns sábios descrevem que ego é tempo, recordações e lembranças.


É claro que há muito mais além disto, e acerca do mesmo assunto, mas gostaríamos de deixar aqui estas reflexões para que cada um por si possa verificar por si mesmo estes mistérios.

 

11/03/2020