DRAGÃO AMARELO

 

TEXTO sobre RELIGIÃO

DRAGÃO AMARELO

 

Amar a Deus Sobre Todas as Coisas

Amar a Deus sobre todas as coisas. Este é o primeiro mandamento das Leis de Deus, e o seguinte pode ser resumido dos dez principais mandamentos da Lei de Deus, que é: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo".

Esta talvez seja a mais simples, e ao mesmo tempo a mais complexa tarefa a ser cumprida, pois para amar a Deus, devemos reconhecer este Deus, onde está, como se manifesta.

Quando falamos em amar, talvez nos venha a memória nossos entes queridos, nossos amigos mais próximos, etc. Mas mesmo assim devemos nos questionar. Realmente os amamos profundamente, verdadeiramente? Sem nenhum interesse, ou sem nenhum apego ou mesmo sem nenhuma condição? A isto damos o famoso nome amar incondicionalmente, ou seja, independentemente da condição que se apresente. Porém, verdadeiramente, os amamos em sua forma mais plena? Vemos que facilmente uma discussão, nos pode encher de ira, de inveja, ou de qualquer outro sentimento negativo que possa vir a se manifestar, então, onde está o amor que havíamos afirmado ter por estes? Que dirá de pessoas que não conhecemos, ou que possamos julgar erroneamente, por haver cometido crimes, por andar maltrapilho nas ruas, por discordar de nossas opiniões, crenças, posicionamentos, etc??

É muito sabido que o dito popular de que Deus está em tudo e em todos é bem verdade, porém, quem consegue realmente senti-lo? quem consegue imagina onde realmente ele está? Deus em sua manifestação é o Cristo, é a substância incognoscível, e ao mesmo tempo perceptível em nossos corações, e todas as suas manifestações do cosmos, é o coração pulsante em cada átomo, em cada estrela, em cada coração humano.

Deixamos este tema como reflexão, de nossos atos, de nossa conduta, para que busquemos esta integração com nosso Cristo Interno, com nosso Pai, realizando esta religião dentro de nós mesmos, pois como foi dito no templo de Delphos: "Homem, conhece-te a ti mesmo, e conhecerás ao Universo e aos Deuses".

"ACIMA DE TUDO O AMOR
1. Ainda que eu falasse línguas, as dos homens e dos anjos, se eu não tivesse o amor, seria como sino ruidoso ou como címbalo estridente.
2. Ainda que eu tivesse o dom da profecia, o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência; ainda que eu tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tivesse o amor, eu não seria nada.
3. Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos, ainda que entregasse o meu corpo às chamas, se não tivesse o amor, nada disso me adiantaria.
4. O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho.
5. Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor.
6. Não se alegra com a injustiça, mas se regozija com a verdade.
7. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
8. O amor jamais passará. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência também desaparecerá.
9. Pois o nosso conhecimento é limitado; limitada é também a nossa profecia.
10. Mas, quando vier a perfeição, desaparecerá o que é limitado.
11. Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Depois que me tornei adulto, deixei o que era próprio de criança.
12. Agora vemos como em espelho e de maneira confusa; mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é limitado, mas depois conhecerei como sou conhecido.
13. Agora, portanto, permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. A maior delas, porém, é o amor."
(Coríntios 13)

 

03/05/2017